19 junho, 2017

O serviço de saúde italiano

Buongiorno a tutti! Hoje vou contar um pouquinho sobre como foi fazer minha inscrição no sistema de saúde italiano. Aqui o sistema público de saúde é gratuito e pode ser utilizado pelo cidadão italiano após a inscrição anagráfica (leia o tópico onde explico aqui). Também é oferecido a todo cidadão estrangeiro em posse de um permesso di soggiorno (visto) válido.

Uma curiosidade: aqui, cada cidadão tem o seu médico. Algo parecido como o “médico da família” que existia no passado no Brasil. Para os adultos é designado um clínico geral e para as crianças até 14 anos um pediatra. Esse médico é a “porta de entrada” para que você possa marcar uma consulta com um especialista, realizar exames, etc.

Como se inscrever

Após fixar a residência no comune, em posse do protocolo de inscrição anagráfica, fui até o ASL da minha cidade (sigla de Azienda Sanitaria Locale). Apresentei também minha carta d’identità e meu codice fiscale. Para minha filha utilizei o passaporte italiano (já que ela ainda não tinha a carta d’identità) e o codice fiscale.

Após preencher nossos dados no sistema, a atendente leu para mim uma relação de médicos à disposição para nos atender. Clínico geral para mim e pediatra para a bambina, umas oito opções de cada.

Escolhendo o Médico

Como escolher entre todos aqueles nomes? Não sei! Sendo nova na cidade e mais, no País, não tinha referência de nenhum deles para fazer a minha escolha. A parte boa é que é possível mudar o médico se necessário. Optei então por escolher o que fosse mais perto da minha casa, que é no centro da cidade. Para a escolha da pediatra da minha filha, optei para que, além de perto de casa, fosse também uma doutora (vontade da bambina, a mamma faz).

A carteirinha da Tessera

Saí do ASL já com o protocolo da Tessera, contendo nosso número de registro e nossos dados pessoais. A carteirinha (como a da foto) chega em casa, dentro de alguns dias. O andamento da solicitação pode ser acompanhado por meio desse site AQUI:

Vida Saúde na Itália

Também recebi uma folha com os dados do médico, seu endereço e horários de atendimento.

Curiosidade: o cartãozinho do codice fiscale (plástico) já está sendo substituído em grande parte das regiões italianas pela carteirinha da Tessera. Como o documento da Tessera já possui a inscrição do codice fiscale, o governo entendeu não ser mais necessário expedir o cartãozinho do códice para os novos inscritos.

É clarooooo que ninguém quer ou espera ficar doente, mas que a garantia de poder utilizar os serviços de saúde dá uma super tranquilidade, ahhh isso dá!

Abbraccio!

Nenhum comentário:

Postar um comentário