19 junho, 2017

Compre uma bici!

Salve amici! Com tantas coisas para organizar até colocar a vida nos trilhos, comprar um carro não foi uma prioridade na minha chegada aqui na Itália. As regras de aquisição, transferência de propriedade do veículo e seguro são bem particulares então resolvi deixar isso para um momento futuro.

Moro a cinco minutos andando da estação de trem que me leva com todo o conforto até Milão em 25 minutos. A outra linha me leva até Monza em 15 minutos (quando morava no Brasil levava 1h50 para chegar, também de trem e metrô, até o trabalho).

Longe de mim falar que não é necessário ter um carro. É sim e muito! A Itália é servida de excelentes estradas que conectam todas as regiões. Sem contar na comodidade de se locomover no seu tempo, sem depender de transporte público. O que quero dizer é que este também funciona bem, então as opções se expandem.

A ideia da bicicleta surgiu para sanar as necessidades dentro da própria cidade. Ir ao mercado comprar o jantar, buscar água no quiosque, ir ao correio, carregar o celular, ou simplesmente dar uma volta na cidade para tomar um gelato!

A grande maioria das cidades aqui na Lombardia, e digo com mais propriedade nas províncias de Milão e Monza, são extremamente planas. Ruas asfaltadas e ciclovias sinalizadas também facilitam muito as idas e vindas de bike! O italiano ama andar de bicicleta! E é muito comum ver gente de todas as idades pra cima e pra baixo com suas magrelas.

Preço

Tem para todos os gostos e bolsos! Das usadas a partir de 30 euros, que você pode encontrar em sites como o Subito (tipo de OLX bem popular por aqui) até as profissionais na casa dos singelos 4.500 euros. A minha adquiri no Carrefour, em uma promoção de 109,00 euros por 87,00 (aro 28, câmbio de seis velocidades).

Olha a carinha dela na foto! Ótima aquisição!

Vida na Itália

Bacione e até mais!


Nenhum comentário:

Postar um comentário