07 maio, 2020

Post #tbt: uma semana nas montanhas durante o inverno europeu

Buongiorno a tutti!

Já que a fase é de lockdown e isolamento social em praticamente todo o mundo, o que nos impossibilita por enquanto de viajar por aí, resolvi fazer uma postagem que estava faltando relatar aqui no blog: nossas férias de inverno nas montanhas da Aosta aqui na Itália.

Inverno Europeu - Férias na Montanha

É muito comum para os italianos aqui do Norte, durante as curtas férias de inverno, entre o fim de dezembro e começo de janeiro, viajar para as montanhas a fim de desfrutar a natureza encantadora dessa época e as inúmeras atrações propostas pelas estações de ski.

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Inverno Europeu - Férias na Montanha

São destinos muito comuns aqui na Itália as localidades alpinas de Sondrio, Bormio, Bolzano, e praticamente toda a região autônoma de Aosta. Dê uma olhadinha no Google que você vai encontrar lugares incríveis!

Nus – Aosta

Decidimos nos hospedar em Nus. A cidade fica às margens da principal autoestrada da Aosta, a E25, caminho de quem parte das regiões da Lombardia e Piemonte. Seguindo por ela apenas mais 50 minutos, chega-se ao território francês. Nus é uma pequena cidade de menos de 3 mil habitantes e está localizada a 530 metros de altitude.

A dica preciosa: Nus possui algumas frações, melhor dizendo, vilarejos, que fazem parte da cidade e estão espalhados na extensão da estradinha que leva até o alto da montanha. Esses vilarejos são aglomerados de 10, 12 casas, algumas vezes até menos que isso.

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Optamos por nos hospedar em Venoz, vilarejo de algumas casas, onde na maior parte do ano habitam apenas oito famílias. A vila está há 1806 metros de altitude, ou seja, proporciona uma vista deslumbrante onde nossa visão está no mesmo nível das montanhas mais altas do entorno. Melhor do que explicar é conferir essas imagens incríveis!

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Inverno Europeu - Férias na Montanha
Nosso ponto de vista, na altura das montanhas e acima das nuvens (centro da foto)

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Vá de carro

Saindo de Milão, de carro, levamos cerca de 2 horas para chegar até a cidade de Nus e mais uns 25 minutos de subida de serra até a fração de Venoz. A estradinha é bastante estreita e em alguns pontos é necessário até parar caso venha outro carro no sentido oposto. E curvas! Prepare-se para muitas curvas, já que o percurso tem apenas 17 quilômetros de extensão mas elevação de cerca de 1300 metros! No vídeo abaixo dá pra se ter uma boa ideia do caminho!


Não vejo outra maneira de visitar ou se hospedar em Venoz se não for de carro ou algum outro meio próprio/alugado. Até é possível chegar de trem até Nus. Partindo de Milão o trajeto leva mais de quatro horas e prevê de três ou quatro baldeações. Mas posteriormente, para se locomover entre as atrações da região é completamente inviável caso não se tenha um meio particular.

Indo de carro, lembre-se: em toda a região da Aosta é obrigatório o uso de pneus de inverno e/ou correntes à bordo de outubro até abril.

Inverno Europeu - Férias na Montanha

A arquitetura das casas nos vilarejos

As casas nessa região são bem típicas e normalmente se tratam de porções bi ou tri familiares, ou seja, pequenos sobradinhos divididos para duas ou três famílias. Têm acabamento de pedras no exterior, mas são feitas de tijolos convencionais. Os interiores, pelo que observamos nos sites na hora de alugar, variam entre acabamentos mais modernos ou aqueles de madeira, que conferem todo um clima de chalé de montanha para a casa. Nossa casa misturava esses dois conceitos e não poderíamos ter feito melhor escolha!

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Pontos de interesse próximos de Venoz

- Estação de Ski Nórdico

Há apenas 5 minutos de carro fica a estação de ski nórdico Centro Saint-Barthélemy. Um lugar incrível para quem já pratica o ski di fondo ou que deseja aprender. São pistas de dificuldade fácil e média num total de 32 quilômetros de extensão em forma de anéis.

Também é possível a prática de ciaspole, a famosa caminhada na neve. Na estação partem e cruzam dez percursos diferentes, com intensidades e distâncias diferentes, num total de cerca de 50 km de trilhas sinalizadas, com paisagens incrivelmente exuberantes à quase 2 mil metros de altitude.

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Pagamos 9 euros para ingressar no complexo e mais 12 euros pelo aluguel dos esquis, bastões e botas. Preços por pessoa em dezembro de 2019.

É possível ainda almoçar no Centro, na Osteria del Passet, que oferece pratos de culinária local com preços bastante acessíveis.

Inverno Europeu - Férias na Montanha

- Observatório Astronômico

Em direção ao centro da cidade de Nus fica o Observatório Astronômico Saint-Barthélemy. Imagine estar à mais de 1800 metros de altitude, numa localidade sem iluminações urbanas, numa noite de céu aberto. Eu posso garantir: nunca vi um céu tão lindo e repleto de estrelas em toda a minha vida. Ver isso de dentro de um observatório é realmente de ficar sem palavras.

O valor do bilhete (dez/19) para as visitas noturnas é de 13 euros para adultos, 8 euros para crianças de até 11 anos e gratuito para menores de 5. Vale imensamente a visita!

- Cidade de Aosta

Capital da região autônoma do Valle d’Aosta, a cidade conta com apenas 35 mil habitantes e é a maior cidade italiana antes da divisa com a França na porção norte/oeste. Ainda é possível encontrar aqui ruinas da época romana, como o Teatro Romano, que datam de até algumas décadas antes de Cristo. Por estar há apenas 15 minutos de carro de Nus, vale a visita!

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Inverno Europeu - Férias na Montanha

A partir daqui saem transfers e ônibus para estações de ski mundialmente conhecidas e procuradas como as do Monte Bianc e Courmayeur. Do centro da cidade parte também a cabinovia (bondinho) para a maior estação de ski da região: Pila Valle d’Aosta. O complexo oferece inúmeras atrações no inverno e também no verão e, caso você tenha um dia sobrando no seu roteiro, eu indico fortemente.

- Castelo de Fénis

No retorno para Milão visitamos o Castelo de Fénis. A construção medieval fica à poucos metros do acesso à autoestrada e vale nem que for uma passadinha para admirar seu externo.

A construção é do século XIV e preserva as características tipicamente medievais em suas torres e na muralha que o circunda. Ainda hoje recebe mais de 80 mil visitantes por ano.  

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Inverno Europeu - Férias na Montanha

Tem mais fotos no Instagram Gis na Bota do Nonno. Siga lá também!

Abbraccio e ci vediamo presto!

Um comentário:

  1. Olá. Vim visitar o seu blog e gostei tanto que estou até a seguir. Se fizer sentido para você, convido a passar pelo meu.
    https://oquetemmemantidovivahoje.blogspot.com/

    ResponderExcluir