15 outubro, 2018

Dica para incrementar o currículo profissional!


Buongiorno!

Hoje quero dar uma dica rápida mas bastante valiosa para quem deseja incrementar o currículo com cursos livres fornecidos por universidades italianas.

O Portal EduOpen é um site que disponibiliza de forma online e gratuita uma gama de cursos online, para aprendizado na modalidade educação à distância.

Cursos na Itália
Fonte: Pixabay
A plataforma, na verdade, é o meio online utilizado por algumas universidades italianas para oferecer cursos nas áreas de educação, humanas, saúde, ciências e tecnologia.

Entre as faculdades e universidades que oferecem cursos online na plataforma estão as renomadas Università di Perugia, Università di Padova, Università degli Studi di Milano-Bicoca, entre outras.

Para se inscrever basta clicar em “Login”, e em seguida “Nuovo Account”. Escolha seu username, preencha os campos de dados pessoais e e-mail e tenha acesso imediato à aba Catálogo.

Ao localizar o curso de seu interesse clique no título e abrirá uma janela com as informações detalhadas, assim como a agenda de período de inscrição, de estudo e de encerramento da oferta.

Dica: caso a data de início já tenha passado, não se preocupe. É possível ingressar no curso desde o início do conteúdo, já que o desenvolvimento do conteúdo é realizado de forma individual.

É importante lembrar também que as propostas de estudos são oferecidas em italiano ou em inglês. Ou seja, além de dar aquela incrementada no currículo ainda é uma ótima oportunidade de aprender termos técnicos da língua italiana na sua área de atuação!

Bons estudos e buona fortuna!

Abbraccio!

26 setembro, 2018

Título de Eleitor Brasileiro: transferir, votar e justificar na Itália!

Ciao a tutti!

Com a aproximação das eleições um assunto importante a se lembrar é sobre o procedimento de transferência do título de eleitor brasileiro para a Itália, assim como o voto e a justificativa.

Vale lembrar que, sendo o voto obrigatório para todos os brasileiros entre 18 e 70 anos, quem mora no exterior deve votar ou justificar sua ausência nas eleições brasileiras para Presidente.

Fonte: Wikipédia
Importante: Quem vota no exterior deve realizar previamente a transferência de seu título (explico a seguir) para a zona correspondente à sua residência no exterior. Vale lembrar que apenas residentes há mais de um ano no exterior podem solicitar a transferência do título.

Com o título transferido, esse cidadão votará apenas para Presidente da República (e para Vice-Presidente). Portanto, não há votos no exterior para senadores, deputados, nem para prefeitos e vereadores na ocasião das eleições municipais.

A solicitação da transferência do título está encerrada desde o dia 18 de maio desse ano, devido às eleições, e será retomada pelos Consulados logo após os pleitos.

Importante: A Jurisdição do Consulado Brasileiro de Milão atende residentes nas regiões da Ligúria, Lombardia, Piemonte, Vale d'Aosta, Emilia-Romagna, Friuli Venezia-Giulia, Trentino Alto-Adige e Veneto. O Consulado fica na Corso Europa, 12 – Milano.

Para transferir seu título para o Exterior, o procedimento é o seguinte:
  • Acessar a ferramenta Título Net no site do TSE;
  • Preencher os formulários online e anexar cópia escaneada dos documentos pessoais solicitados;
  • Levar duas vias impressas do protocolo gerado e os originais dos documentos solicitados até o Consulado Brasileiro, em data e horário agendados previamente pelo site do Consulado.


Para informações completas e oficiais acesse o site do Consulado Brasileiro em Milão ou em Roma.
Importante: novos títulos no exterior não estão sendo mais impressos. Portanto, é necessário baixar o aplicativo E-título (disponível na App Store e no Google Play).

Para votar compareça à seção especificada no aplicativo E-título apresentando também um documento brasileiro oficial com foto. A biometria não foi implantada até o momento para os residentes no exterior.

Enfim, caso você não tenha transferido seu título para o exterior, deverá justificar sua ausência junto ao TSE.

Para tanto, acesse o Sistema Justifica do TRE do seu Estado e siga as orientações. A boa notícia é que para residentes em diversos Estados, incluindo São Paulo, a justificativa poderá ser realizada online. Basta preencher o formulário com seus dados pessoais e anexar um documento (passagem aérea, hospedagem, entre outros) que comprove sua impossibilidade de votar.

Para eleitores no exterior o prazo de justificativa é de até 30 dias após o retorno ao Brasil, mas já pode ser feito no dia seguinte às eleições. Lembrando que se faz necessária uma justificativa para cada turno.

Atenção: as informações desse texto são meramente informativas e não oficiais. Como foram consultadas no mês de setembro/2018, caso sua visita aqui no blog seja realizada após esse período, sugiro que as informações sejam confirmadas nos sites oficiais dos Consulados e TSE.

Abbraccio e alla prossima!

14 setembro, 2018

5 curiosidades da cultura italiana para se adaptar

Ciao amici!

A adaptação cultural em um novo País é tão importante (e delicada) como qualquer outra quando decidimos emigrar. É tão (ou até mais) delicada quanto aprender o novo idioma ou se inserir no mercado de trabalho.

Isso porque as características culturais e, mais precisamente os comportamentos, são regados de particularidades tão inerentes aos povos que na imensa maioria das vezes é melhor aceitar e pronto, ainda que seja difícil deixar de fazer um paralelo com o comportamento que estamos acostumados desde sempre, particular do nosso País de origem.

Cultura na Itália
Fonte: Pixabay
Hoje vou contar as cinco curiosidades que mais me chamaram atenção desde que cheguei:

A comida

Esse item é o primeiro e o mais importante, ou seja, o que mais me chamou atenção pela intensidade. Começamos com a seguinte afirmação: a comida é venerada na Itália!

Obviamente todos prezamos por comer bem e reconhecemos a importância de ter comida em casa, isso é indiscutível. Mas a relação dos italianos com a comida é realmente passional.

Cultura na Itália
Fonte: Pixabay
Algumas características que me chamam atenção aqui:

12 setembro, 2018

Dica de Roteiro de 15 dias na Itália!

Ciao a tutti! Come va?
Alguns amigos me pedem dicas de como planejar a ordem das cidades para visitar a Itália da maneira mais econômica e flexível, afim de conhecer o maior número de cidades possível, sem perder muito tempo com deslocamentos.
Itália Roteiro de 15 dias
Veneza é uma das cidades que absolutamente não pode faltar no seu roteiro
Quero ressaltar que o roteiro sugerido nada mais é que uma opção, levando em conta o tempo entre uma cidade e outra e o quanto se pode percorrer de norte a sul (ou vice-versa) sem perder muito tempo “voltando para trás”. E aí, obviamente, deve ter o toque personalizado de cada um, adaptando para aquilo que é sua prioridade, seu sonho. Um exemplo: não incluí a região da Calabria no meu roteiro para uma viagem de 15 dias. Apesar de ser uma região encantadora acho 15 dias pouco para descer até o extremo sul da “Bota”. O mesmo acontece com a região da Campagna, Napoli e Ilha de Capri. Para essas localidades deixaria mais tempo se viesse durante o verão, por exemplo, visto a oferta de atrações litorâneas.

Mais uma explicação: comecei o roteiro por Roma, já que a maior parte dos voos chegam pela Capital. Caso você chegue aqui por Milão, outro destino que conta com voos diretos do Brasil, comece o roteiro de “trás para frente”.

Ah sim! E apesar de ter acrescentado nesse texto o valor dos bilhetes de trem, considere a possibilidade de alugar um carro. A simulação do valor do aluguel (que pode ser feito com a CNH brasileira e que eu contei mais AQUI) para 15 dias sai por aproximadamente 120 euros*, retirando o carro no Aeroporto de Roma e devolvendo no Aeroporto de Milão. Considerando um carro pequeno, para 4 pessoas, o valor do aluguel será bem inferior ao da soma dos bilhetes de trem para essas mesmas 4 pessoas.

22 agosto, 2018

Dica de Viagem: Amsterdam - atrações para um roteiro de 3 dias!

Buongiorno a tutti!

Mais uma cidade IN-CRÍ-VEL que pude conhecer partindo da Itália foi Amsterdam! Escrevendo esse post, olhando novamente cada foto e revivendo essa viagem me dei conta de como Amsterdam oferece atrações para simplesmente TODOS os gostos!

A cidade mais turística da Holanda tem aproximadamente 834 mil habitantes e cerca de 25% de seu território é de água! Famosa por seus canais e pela forma liberal de organização, Amsterdam é um destino particular e encantador, diferente de tudo que já vi!
Amsterdam Dicas
Vista do Rijksmuseum no centro de Amsterdam

Amsterdam Dicas
Canais de Amsterdam iluminados à noite

15 agosto, 2018

Dica de Viagem: Füssen e Castelo de Neuschwanstein – Pt. 2

Ciao a tutti!


Hoje dou continuidade à primeira parte do post sobre o que ver em Füssen. Se você chegou primeiramente a esse post, sugiro que leia a primeira parte AQUI.

Füssen
Como contei na primeira parte do post, essa cidadezinha encantadora do extremo sul da Alemanha, mais precisamente na região da Baviera, é uma excelente parada para quem vem à região visitar o Castelo de Neuschwanstein.


Füssen

O que ver em Füssen
Andar despretensiosamente pelas ruas de Füssen te proporcionará conhecer a vida que levam os residentes daqui. A cidade é praticamente toda plana e bem pequena. Portanto, caminhe pelas ruas sem pressa! Aprecie a arquitetura e deleite-se (como eu!) por cada ângulo dessa cidade.

11 agosto, 2018

Dica de Viagem: Füssen e Castelo de Neuschwanstein – Pt. 1

Buongiorno a tutti!

Esse mês tive novamente a oportunidade de cruzar as fronteiras da Itália e conhecer mais uma cidadezinha, dessa vez no sul da Alemanha, mais precisamente na divisa com a Áustria. Cheguei à Füssen com o propósito de conhecer o tão famoso e encantador Castelo de Neuschwanstein e as paisagens que vi, tanto no caminho quanto por lá, renovaram meus conceitos de “conto de fadas”!


Füssen e Castelo de Neuschwanstein
Castelo de Neuschwanstein 
Fui de carro de Milão a Füssen (Alemanha) fazendo apenas pequenas paradas pelo caminho. Saí numa terça-feira às cinco da manhã e fui direto ao Castelo, chegando lá por volta das 11h00. Fiz duas paradas que renderam fotos incríveis e mostro mais abaixo. Pernoitei na cidade de Füssen, fiz um tour pela manhã e retornei na tarde seguinte.

Füssen e Castelo de Neuschwanstein
Füssen

04 agosto, 2018

Dica de Viagem: Monaco - passeio de um dia saindo de Genova

Buongiorno a tutti!

Obviamente esse post não é sobre a Itália. Mas como sempre digo, morar aqui nos dá a oportunidade de conhecer lugares incríveis sem gastar quase nada, com apenas algumas horinhas de estrada ou aéreo. E conhecer Monaco foi exatamente assim!

Monaco - Dicas de Viagem


Fomos de carro de Milão a Monaco  com uma parada em Genova. Partimos no sábado de manhã, passamos o dia em Genova (que você pode conferir aqui) e pernoitamos em uma cidade super charmosa chamada Imperia (cidade pouco turística, litorânea, entre Genova e Monaco). Na manhã seguinte partimos para Monaco onde passamos o dia, retornando para Milão no fim da tarde.

01 agosto, 2018

Ferragosto: a época mais aguardada por nós, italianos!

Buongiorno amici!


Ahhh o Ferragosto! Para os italianos sinônimo de férias, praia, passeio pelos lagos, pic-nic na montanha, curtição ou muito descanso! A verdade é que o feriado do dia 15 de agosto é um dos (se não o mais) esperado pelos italianos. E por aqui tudo pára: é a época que as escolas estão de férias entre um ano letivo e outro, a época que as empresas dão férias coletivas para os funcionários e, acima de tudo, alto verão italiano!

Ferragosto

Na história, as festividades do Ferragosto precedem o século XVIII a.C e originalmente celebravam o fim anual dos trabalhos agrícolas. Nessa ocasião os trabalhadores obtinham gorjetas e conquistavam o descanso pelo trabalho pesado que tinham acabado de concluir.

Já nos anos 20, o regime fascista instituiu entre os dias 13 e 15 de agosto passagens de trens com preços muito reduzidos, além da organização de excursões para o mar e as montanhas, acessíveis também para famílias de menor poder aquisitivo. Nessa época nasceu a tradição do pic-nic durante o Ferragosto.

No dia 15 de agosto, ou seja, o Ferragosto, também é comemorada a Festa da Assunção de Maria. 

Ferragosto na prática
Na prática o Ferragosto tem também diversos pontos negativos. Costumo comparar muito com a semana entre Natal e Ano Novo no Brasil, ou até mesmo com o Carnaval.

28 julho, 2018

Transporte Público: compre e valide seu bilhete!

Ciao a tutti!

Resolvi fazer esse post bem curtinho para mostrar um detalhe aqui da Itália que hoje em dia já passa despercebido para mim, mas logo que cheguei me chamava muito a atenção: nem todas as estações de trem possuem catracas ou bloqueios! Sim, o acesso nas estações de trem na grande maioria das vezes é livre!
Transporte na Itália
Acesso da rua diretamente à plataforma, sem catracas ou bloqueios
Transporte na Itália
Outro exemplo de acesso à plataforma livre
É claro (e lógico, óbvio e expressamente plausível) que a compra e validação do bilhete é obrigatória. Mas me chamava muito a atenção um detalhe que sempre ouvi dizer dos europeus: parte-se sempre do princípio da honestidade, cotidianamente. Você deve e irá comprar seu bilhete toda vez que usar o transporte público!

25 julho, 2018

Vaticano: Basílica, Museus, Capela Sistina e a Piazza San Pietro

Ciao a tutti!

Ao visitar Roma normalmente os turistas de todo o mundo destinam cerca de meio dia para conhecer o Vaticano. Independente de crença, tão particular a cada um, acredito que visitar o Vaticano é uma oportunidade única de conhecer uma arquitetura realmente magnífica, entrar em museus com coleções milenares (como na área destinada ao antigo Egito) e admirar pinturas apreciadas em todo o mundo (como A Criação de Adão de Michelangelo, no teto da Capela Sistina).

A Cidade Estado do Vaticano abrange uma área de apenas 0,44 km quadrados, murada, localizada dentro da cidade de Roma. Desde 1929, o Vaticano é a menor unidade territorial soberana do mundo, ou seja, administrada por um Estado. É a sede da Igreja Católica e onde acredita-se que está o túmulo de São Pedro.


Vaticano Italia
Basilica San Pietro vista a partir da Piazza San Pietro


21 julho, 2018

Roma: o que ver na Capital Italiana em 3 dias – Pt. 2

Ciao ragazzi, bentornati!

Hoje dou continuidade à primeira parte do post sobre o que ver em Roma em um roteiro de 3 dias. Se você chegou primeiramente nesse post, sugiro que leia a primeira parte AQUI.


Roma Italia
Fontana di Trevi
Nosso roteiro em Roma para o segundo e terceiro dia foi o seguinte:

2º DIA

Me programei para estarmos em Roma durante uma quarta-feira, dia que acontece a audiência com o Papa. E foi assim que começamos nosso dia em Roma. Durante toda a parte da manhã nos concentramos na região do Vaticano (contarei a experiência AQUI). Após o almoço, ainda no Vaticano, continuamos nosso passeio por Roma. Nesse dia mais focados na região central da cidade.

18 julho, 2018

Roma: o que ver na Capital Italiana em 3 dias – Pt. 1

Ciao a tutti!

Falar que a ‘Capitale’ italiana é espetacular será mais que um clichê. Conhecida por ser um verdadeiro museu à céu aberto, Roma é parada indiscutivelmente obrigatória de quem vem à Itália.


Colosseo
Colosseo: símbolo de Roma
Com cerca de 2,8 milhões de habitantes Roma é a cidade mais populosa da Itália e a quarta maior da União Europeia. Além disso é a cidade mais visitada da Itália, recebendo cerca de 90 mil  turistas todos os dias, interessados no seu legado histórico, cultural, monumental, arquitetônico ou religioso.

Apesar de ser muito visitada o ano todo, atente-se para o mês de Agosto! Em Agosto a Itália celebra o Ferragosto (feriado nacional de 15 de agosto) e tudo fica muito mais cheio de gente! O fato de ser alto verão aqui na Itália também contribui para o excesso de turistas. Portanto, se você quiser uma foto em frente ao Colosseo com poucas pessoas ao fundo, chegue bem cedo! Então vamos ao que interessa:

15 julho, 2018

Duomo di Milano: o cartão postal da capital financeira da Itália

Buongiorno!!!

Estava reparando esses dias no Instagram que, ao procurar por #milano ou #milão, é incrível como aparecem fotos do Duomo! E realmente não é para menos. O principal cartão postal de Milão, a capital financeira, econômica e da moda italiana, é exuberante visto por fora, por dentro ou até mesmo de cima!

Duomo de Milão
Duomo de Milão, visto das escadas de acesso ao terraço

Duomo de Milão
Duomo de Milão na minha primeira visita, durante o inverno de 2015

Visitei o Duomo em seu interior e no alto de sua cobertura duas vezes. E mais dezenas de outras sempre que estou de passagem pelo centro de Milão. Amo sua arquitetura e acho que não vou cansar nunca de apreciá-la!

11 julho, 2018

Veneza: o sonho de 10 em cada 10 turistas. Passeio de um dia!

Ciao a tutti!

Veneza! Ahhhh Veneza! Só o nome dessa belíssima cidade já nos traz à mente a visão de gôndolas balançando suavemente pelos canais, ao som de uma canção italiana (rs).

Veneza Italia

Acredito sim que Veneza seja (talvez não o sonho, mas) um dos destinos mais cobiçados de qualquer turista de carteirinha que se preze! Brincadeiras à parte, a cidade é comprovadamente um dos destinos mais procurado na Itália, recebendo mais de 24 milhões de turistas do mundo inteiro, todos os anos. 24 mi-lhões de pessoas! É como se toda a população da Austrália viesse até Veneza durante o período de um ano!

Veneza Italia

Veneza Italia

E tem mais: todo dia atracam aqui até seis cruzeiros com cerca de 4 mil pessoas à bordo em cada um deles. É realmente muita, muita gente querendo vivenciar os encantos dessa cidade.

10 julho, 2018

Genova: a paisagem do Mar Ligure e do maior Porto Italiano. Passeio de um dia


Ciao a tutti!

Genova! Convivi com essa palavra desde o dia do meu nascimento, pois esse é o sobrenome do meu avô, amado e italiano Giuseppe Di Genova! E sem ele, por meio da minha mãezinha, hoje em pleno 2018 não haveria uma Gisele aqui na Itália e nem um blog na “Bota do Nonno”...

Mas vamos ao post sobre Genova, a cidade, rs...

Genova é a capital da Liguria e a sexta maior cidade da Itália, com mais de 580 mil habitantes. Está situada em um dos lugares mais estratégicos da costa italiana e europeia para o comércio e transporte marítimo. E foi exatamente a sua localização privilegiada que consagrou esse lugar nos anos 1500 como a “República Di Genova”, reduto de mercantes italianos de muita posse.

Genova Italia
Vista do acesso ao Porto Antigo de Genova

Genova Italia
Vista da Piazza della Vittoria. Ao centro, o Arco della Vittoria

É em Genova que está localizado o maior porto italiano, com dimensões superiores a 700 hectares no continente e mais 500 hectares no mar, que escoa mercadorias de e para todo o mundo em navios de contêineres. Recebe ainda embarcações da marinha e é rota europeia de navios de cruzeiros.

07 julho, 2018

Assisi: passeio espetacular pela arquitetura medieval da Itália Central

Ciao ragazzi!

Em junho desse ano eu realizei um dos sonhos italianos que trazia comigo há tempos: conhecer a belíssima cidade de Assis, patrimônio da humanidade da Unesco.


Assis Itália
Vista Panorâmica da cidade de Assis, do alto da Torre Campanária da Catedral de São Rufino

O pequeno comune italiano de Assis (Assisi em italiano), conta com pouco mais de 28 mil habitantes e fica em uma das regiões mais encantadoras da Itália, a Umbria! Situada na província de Perugia, Assis é mundialmente conhecida por ser o lugar onde nasceu, viveu e morreu o patrono da Itália, São Francisco.


Centro histórico de Assis
Assis é conhecida e muito procurada por pessoas do mundo inteiro interessados em realizar peregrinação e o turismo religioso. A cidade abriga a Basílica de San Francesco d’Assisi, onde está a cripta do Santo, ponto turístico de maior interesse dos visitantes. Mas existem ainda diversos museus, igrejas e locais de acontecimentos históricos, principalmente relacionados à vida de São Francisco.


Assis Itália
Basílica de São Francisco de Assis
Para toda e qualquer pessoa, independente da relação que tenha com a atmosfera espiritual do local, visitar Assis e permitir-se caminhar por suas vielas de pedras, apreciando uma das arquiteturas medievais mais preservadas da Itália, é uma experiência que vale muito, mas muito a pena!

06 julho, 2018

Cenacolo Vinciano: visitando a Última Ceia de Leonardo da Vinci

Ciao a tutti!

Quem vem a Milano não pode deixar - absolutamente - de visitar uma das grandes obras primas de Leonardo da Vinci, “L’Ultima Cena”, ou “A Última Ceia”.

Leonardo realizou a pintura entre 1495 e 1498 no refeitório do então Convento de Santa Maria delle Grazie, em Milão.

A pintura, famosa ao redor do mundo, trata da última ceia de Jesus, onde Ele revela que será traído por um de seus apóstolos, como conta o Evangelho de João.

Pintada na parede lateral do refeitório a obra mede 4,6m x 8,8m e é a grande representante do Renascimento Italiano. É declarada como Patrimônio da Humanidade e Bem Protegido pela UNESCO.

Leonardo da Vinci

A obra é também material de estudo de diversos autores que tentam, ao longo dos anos, desvendar os segredos e mensagens que Leonardo, segundo eles, ocultou na cena pintada. O livro (de Dan Brown), e posteriormente o filme “Código da Vinci”, tratam desse assunto.

24 maio, 2018

A Casa na Itália: nomeclaturas e curiosidades na hora de comprar ou alugar um imóvel (Pt.2)

Ciao Ragazzi!

Dando continuidade ao post sobre as particularidades das casas aqui na Itália (confira a primeira parte AQUI), vou falar hoje de algumas diferenças bem curiosas que percebi ao me mudar para cá. Confira!

Ralos na cozinha, banheiro ou quintal

Não E-X-I-S-T-E-M! Por isso, antes de jogar aquele belo balde de água com sabão e desinfetante no chão do seu banheiro, pense duas vezes. Provavelmente você terá de recolher toda a água com um pano ou esfregão.

O chuveiro, quando não fica dentro da própria banheira, normalmente terá box de vidro ou acrílico, o que torna impossível escoar a água por ali. A saída é recorrer realmente ao velho pano chão.

A casa na Itália
Meu banheiro! 😊


21 maio, 2018

A Casa na Itália: nomenclaturas e curiosidades na hora de comprar ou alugar um imóvel (Pt.1)

Ciao a tutti. Come state?

Quando somos recém chegados aqui na Itália nos deparamos com uma porção de particularidades do mercado imobiliário italiano.

A casa Italiana
Fonte: Pixabay
Longe de querer esmiuçar em detalhes cada modalidade de compra e aluguel de imóveis por aqui, a intenção desse post é clarear, ainda que um pouco, os termos e as práticas comumente realizadas pelos nossos “amici” italianos. Confira!

Affito: é a modalidade do aluguel, e acho que essa é a principal opção de quem chega do exterior para iniciar a vida aqui na Itália. E é realmente a melhor opção, para garantir a adaptação antes de realizar um investimento bem maior como a compra de uma casa.

Quando buscamos uma casa para alugar nos dirigimos às imobiliárias (agenzia immobiliaria), ou a um corretor de imóveis autônomo (consulente immobiliare), tudo muito similar ao Brasil. Aqui vale ressaltar que haverá a comissão do profissional, variando de acordo com o perfil do mesmo e do imóvel.

Abro um parenteses para citar o meu caso. Aluguei minha casa com um consulente e ele me cobrou (pela intermediação e pelo registro do imóvel em meu nome) o valor de 300 euros. O registro do imóvel é importantíssimo! E não necessariamente precisa ser feito com um consulente. Basta dirigir-se à Agenzia delle Entrate de sua região com o contrato de locação assinado pelas partes e solicitar o registro. O mesmo demora aproximadamente 2 dias úteis para “entrar em sistema” e será um documento fundamental para que você fixe sua residência posteriormente no comune.

A validade/duração do contrato de aluguel aqui na Itália é longa: de 4 anos renováveis por mais 4 anos. E será um pouco mais difícil você encontrar um proprietário que aceita fazer num período inferior.

18 maio, 2018

Dica de viagem e 5 motivos pelos quais eu adoro o Booking.com!


Oiiieee pessoal, tudo bem?

A dica de viagem que quero dar hoje é sobre reserva de estadia, seja em hotel, hostel ou similares. Sempre que programo uma viagem aqui dentro da Europa, e já fazia isso do Brasil também, as primeiras coisas que garanto quando viajo são o voo e a estadia.

Costumo reservar o voo primeiro (ou o trem), pois é o que mais varia de preço dependendo da data. E logo em seguida a estadia. Claro que ambos depois de ter feito o planejamento da viagem! Na verdade as primeiras coisas que olho costumam ser a reserva de bilhetes, caso queira visitar algum ponto turístico muito procurado no local, se haverá algum evento que potencialmente pode atrapalhar meu passeio, essas coisas.

Já tem um bom tempo que realizo as minhas reservas pelo Booking.com. E aqui quero deixar claro que é uma opção pessoal, minha mais singela opinião. 😉Rs. Mesmo buscando em outros sites como Decolar e Expedia, acabo sempre optando pelo Booking. Abaixo, listo 5 motivos que me fazem considerar essa a melhor opção:

Filtros e Interface
Adoro a forma como é possível realizar as buscas no site! A maneira que eu encontrei de localizar as melhores opções é a seguinte: depois de filtrar a cidade e a data que desejo realizar a reserva, parto para o preenchimento dos demais filtros. Entre eles a faixa de preço que busco e se desejo alguma particularidade como café da manhã incluso ou estacionamento gratuito.

Dicas para Reservar Hotel

17 maio, 2018

Dica pra quem tem saudade do Arroz e Feijão brasileiros!


Ciao, ragazzi!!!

Pode soar estranho, mas mesmo com a infinidade de coisas maravilhosas que temos para cozinhar aqui na Itália é natural bater aquela saudadezinha do nosso arroz e feijão de cada dia!

Arroz
A prateleira de arroz do supermercado parece infinita em modalidade, nome, tipo, origem... Mas a grande maioria é para risoto! E não dá para mudar a receita. Usar arroz de risoto para tentar fazer um arroz “soltinho” será tempo e dinheiro jogados fora.

Fiz diversos experiementos no que diz respeito a tipos de arroz e definitivamente existe muita diferença entre eles. Para resumir: o que mais se assemelha ao arroz que conhecemos no Brasil aqui se chama Arroz Basmati, um grão longo, de origem indiana. O preço de um saco de 1 kg é em média 2,65 euros.

Arroz e Feijão na Itália


09 maio, 2018

A Escola na Itália – Parte II


Ciao ragazzi!

Esse post é especial para as famílias que se mudam para a Itália com crianças em idade escolar! Logo que chegamos fiz um post sobre minhas primeiras impressões sobre a escola italiana, que você pode conferir AQUI.

Hoje, faltando menos de um mês para acabar o ano letivo (o calendário escolar aqui e em todo o hemisfério norte vai de setembro a junho), vou contar algumas curiosidades e um pouco do sistema pedagógico. Vale lembrar que minha filha estuda em uma escola estadual italiana e, portanto, 100% gratuita.

A Escola na Itália


Divisão da Escola Italiana
Minha filha fez 11 anos em março e está concluindo o 5º ano da Scuola Elementare, ou Scuola Primaria di Primo Grado.

Os próximos três anos farão parte da Scuola Secondaria di Primo Grado (que seria equivalente ao Ensino Fundamental do Brasil), também conhecida como Scuola Media.

Em seguida, ingressará no Liceo, ou Scuola Superiore, equivalente ao nono ano do Brasil + os três anos de Ensino Médio. Aqui o Liceo têm duração de 5 anos e já têm as disciplinas direcionadas para as áreas de Ciências e Tecnologia, Artística, Lingüística ou de Humanas.

06 maio, 2018

Quanto custa uma compra no Supermercado?


Ciao, ragazzi. Come state?

Algumas pessoas me perguntam sobre o custo de vida e o valor das despesas que temos aqui na Itália. Já fiz um post sobre as contas de consumo, que você pode conferir AQUI e hoje vou falar sobre os custos com supermercado. Ah! Também dei uma dica interessante de como economizar no supermercado AQUI.

Mas antes de tudo, quero dizer que nossas compras da casa fazemos em três lugares diferentes: o supermercado MD para alimentos não perecíveis, algumas coisas de geladeira e enlatados, o Carrefour para açougue e hortifrúti e o Acqua e Sapone para produtos de higiene pessoal e limpeza.

Itens Não Perecíveis e de Geladeira

Hoje fiz a compra no MD e apesar dela não estar completa porque ainda tenho alguns itens da compra passada, é assim que costuma ser. Foram 66 artigos, entre arroz, macarrão, feijão, óleo, queijo, atum, farinha, pães, entre outros.

Dica: aproveite as promoções e acho que isso vale no mundo todo. Apesar de termos o costume de fazer uma compra grande no mês, sempre que vou comprar as frutas, verduras e frios para o lanche da escola da minha filha, acabo aproveitando para comprar um ou outro item que estiver em promoção.

Hoje comprei itens de mercearia e geladeira, além das merendinhas para o lanche da escola. Para não descrever item por item, deixo a foto dos produtos. Valor: 73,68.

Supermercado na Itália


26 abril, 2018

Sacro Monte di Varese e Parco Campo dei Fiori – Passeio de um dia

Ciao!

Dessa vez nosso objetivo turístico foi fugir da cidade e conhecer uma área imersa no verde, há 1 hora de Milão: o Parco Campo dei Fiori em Varese. A região, que fica há 60 km de Milão e há apenas 11 km da fronteira com a Suíça é circundada por montanhas, vegetação de bosques e fauna nativa.

Sacro Monte di Varese


O destaque fica para a localidade conhecida como Sacro Monte di Varese, patrimônio mundial da humanidade da UNESCO desde 2003, mas cuja construção iniciou-se em 1600. O caminho, de pedras e extensão de cerca de 2 quilômetros de subida, atrai peregrinos de toda a Itália desde a idade média, mas é também uma atração aos apreciadores da arte e da arquitetura neoclássica.

Sacro Monte di Varese



O que atrai os visitantes é a perfeita conexão entre natureza e a construção do homem. No alto dos 844 metros do monte encontra-se o vilarejo de Santa Maria del Monte e uma oferta limitada (e por isso uma atmosfera acolhedora) de hotéis, restaurantes e museus, além de uma vista deslumbrante de toda a pianura padana, onde está inserida a cidade de Varese.

Museo Lodovico Pogliaghi
Um dos poucos restaurantes no alto do Sacro Monte

Sacro Monte di Varese
Hotéis e pousadas também são restritos

23 abril, 2018

Bologna: a bellissima “Cidade Vermelha” – Passeio de um dia

Ciao a tutti!

Há tempos que queria conhecer Bologna, cidade de 390 mil habitantes famosa por suas universidades e arquitetura única! A Universidade de Bologna é, inclusive, a mais antiga do mundo ocidental, fundada em 1088. Bologna é uma das cidades com o centro histórico mais preservado na Itália.

Conhecida como “Cidade Vermelha”, devido à cor dos tijolos predominantemente utilizados na construção de seus edifícios, Bologna é a capital da Região da Emilia Romagna e abriga centenas de palácios históricos, sede de diversas universidades, museus, bibliotecas, teatros e centros econômicos, culturais e políticos.

Bologna
Torre degli Asinelli, um dos principais pontos turísticos de Bologna

Como chegar

Fomos de ônibus até Bologna (presente de uma amiga que me acompanhou nessa passeggiata) com a empresa Flix Blus. O percurso foi de aproximadamente 2 horas e 20 minutos, partindo de Milão.

22 abril, 2018

Curiosidade: tomadas e voltagem aqui na Itália!

Olá pessoal!

Quem está de mudança para a Itália ou vem a passeio deve se recordar, dentre milhares de outras coisas (eu bem sei, rs) de uma pecinha fun-da-men-tal para nossa sobrevivência tecnológica e moderna: o adaptador de tomada!

Isso porque aqui na Itália o padrão de tomadas é diferente do Brasil. Na verdade é bem próximo ao que tínhamos no Brasil há um tempo atrás, de dois (ou três) pinos alinhados, porém com diâmetro um pouco maior, e não aquele de três pinos com uma curvatura.

Padrão de Tomada na Itália
Padrão aqui na Itália

Padrão de Tomada na Itália
Padrão atual do Brasil

Equipamentos mais recentes com tomadas como essa da foto acima, por exemplo de secador de cabelo, chapinha, barbeador e notebook simplesmente não irão entrar nas tomadas aqui.

20 abril, 2018

BikeMi: uma dica super legal para andar de bicicleta por Milão


Ciao a tutti, come va?

Aqui na Europa as pessoas das grandes cidades têm um costume que eu simplesmente adoro: se locomover em bicicletas! E, apesar de não sermos uma Amsterdã com mais bicicletas que pessoas (rs), aqui na Itália não é diferente! Para quem vem a Milão, uma ótima dica é o aplicativo de “bike-share”, ou seja, compartilhamento de bicicletas, BikeMi.

Seja para turistas que desejam conhecer a cidade em curtos trajetos ou para os residentes que se locomovem no dia a dia, o compartilhamento de bicicleta é uma alternativa interessante: são mais de 4.600 bicicletas, entre as modalidades tradicional e elétrica, espalhadas em pontos de retiro por toda a cidade.

Aplicativo de Compartilhamento de Bicicletas em Milão


Aplicativo
O primeiro passo para ter acesso às bicicletas é fazer o download e se cadastrar no aplicativo BikeMi. É por meio dele que você realizará o pagamento, a liberação da bicicleta e obter qualquer outro tipo de informação que precise.

Curiosidade: como viajo entre Itália e Brasil com dupla cidadania!


Ciao ragazzi!!

Hoje o post é bem curtinho, apenas para contar uma curiosidade!

Passaporte Italiano


Quando vou ao Brasil à passeio e volto para a Itália, que é onde resido, não recebo carimbos no meu passaporte ao passar pela imigração seja na Europa, seja no Brasil.

E o motivo disso é muito simples, mas gera curiosidade e dúvidas: quando saio da Itália apresento o passaporte italiano (seja na Itália ou em qualquer outro país da Europa onde eu vou fazer a conexão) e quando entro no Brasil apresento o passaporte Brasileiro.

No retorno para a Europa é a mesma coisa: saindo do Brasil apresento o brasileiro e entrando na Europa apresento o Italiano.

Isso porque, sendo cidadã dos dois países eu tenho o direito (e todos os deveres, obviamente) de transitar livremente em ambos, sem a necessidade de um carimbo no passaporte e uma validade estipulada de estadia em um dos dois países.

18 abril, 2018

Dica de estudos em Italiano!


Buongiorno a tutti!

Assim como muita gente que sai do País para uma experiência no exterior, não vim para a Itália com a língua fluente e ainda estou me dedicando para aprender e falar corretamente.

A internet é uma “mãe” para quem busca o aprendizado... Desde blogs, aplicativos, vídeo-aulas no Youtube e tantas outras opções gratuitas podem ser acessadas de forma gratuita.

Outra opção é matricular-se aqui em um curso de Italiano, gratuito ou não, ou estudar em casa. Eu fiz as duas coisas nesse primeiro ano aqui e, como tudo, encontrei prós e contras.

aprender italiano
Estátua em homenagem a Dante Alighieri, o "pai" da língua italiana, em Verona. Foto minha no verão de 2017

Buscando um curso de língua italiana para estrangeiros

Minha primeira opção foi buscar um curso gratuito de italiano para estrangeiros na região onde moro. Encontrei na paróquia central da minha cidade e um outro oferecido pelo CPIA (Centro Provinciale per l’Istruzione degli Adulti) em parceria com a prefeitura (o CPIA existe em toda a Italia). Ambos com uma taxa anual de inscrição de 20 euros e sem mensalidade. Porém, por ter a cidadania italiana e “não ser uma estrangeira” não pude me matricular. Essa na verdade foi a primeira informação que tive. Dias depois me ligaram e disseram que a informação estava equivocada, mas naquele momento já estava matriculada em um outro local.

15 abril, 2018

Top 5 da adaptação em um novo País


Ciao ragazzi!

Às vésperas de completar 1 ano de residência na Itália parei para pensar em quais foram as maiores dificuldades de adaptação que enfrentei até agora.

Créditos da Imagem: Disney Pixar

Alguns pontos são bem subjetivos como entender o funcionamento dos órgãos públicos, encontrar alimentos semelhantes aos que conhecemos do nosso país de origem, alugar uma casa ou comprar um carro.

Entretanto, outras situações demandam um pouco mais de tempo e empenho para, então, nos sentirmos finalmente adaptados e inseridos. São elas:

Língua
Estudar nunca é demais! Fato é que por mais que chegamos aqui com anos de estudo (o que não foi meu caso, já que estudei apenas 1 ano e meio ainda no Brasil) a fluência só se adquiri convivendo, ouvindo e falando com nativos todos os dias. Continuar estudando é fundamental, seja por conta ou em alguma escola. Na minha opinião (e isso é um parenteses bem particular aqui) não basta apenas “falar”, mas o objetivo deve ser sempre falar corretamente! Além disso, vocabulário e expressões são tão inerentes ao dia a dia que aprendemos muita coisa sem ao menos nos dar conta. De qualquer forma, acho que a língua é um dos pontos cruciais de adaptação, e aqui falamos desde o convívio com os locais até se inserir no mercado de trabalho.

Clima e Estações
Mammamia!!! Talvez uma das maiores necessidades de adaptação para quem vem de São Paulo para a Itália (ou qualquer outro país do hemisfério norte) é atravessar as mudanças de estações no primeiro ano. No verão passado, aqui na Lombardia onde moro, pegamos 42°C com sensação térmica de 52°C (um tanto quanto incomum, porém foi nosso cartão de boas-vindas aqui na Itália). Em contrapartida, tivemos 6 meses de frio, sendo 4 deles beeem frios, com temperaturas sempre no arco de -5°C até 3°C, no máximo. Como já contei AQUI, buscando alternativas corretas tudo fica mais fácil e adaptável. Mas que é difícil é! E mais: sabe aquela história que o frio nos deixa mais mal humorados? Aconteceu muito isso comigo! Hahahaha... No primeiro mês o frio é novidade, no segundo chega a neve com toda a empolgação para um nativo tropical, e no terceiro mês já estamos implorando por um solzinho. Mas ok, faz parte!