04 agosto, 2017

A Carta D'Identità Italiana

Ciao Ragazzi!!

Come state?

Hoje quero falar como foi minha experiência na emissão da carta d’identità da minha filha aqui na Itália.

carta de identidade itliana

Falo da minha filha, pois a minha tirei na conclusão do processo de cidadania, que fiz aqui na Itália. Como na ocasião ela permaneceu residindo no Brasil, só realizamos a emissão do documento agora.
Isso exatamente porque agora ela também é residente aqui na Itália e esse é quesito principal: ter a residência fixada no comune.

Vale lembrar que existem algumas exceções de residência, formas de fixar uma “residência fictícia”, emitir uma carta provisória e etc. Mas no nosso caso foi o procedimento tradicional, que explico agora!

O primeiro passo foi fixar a residência no comune, como contei AQUI.

A partir desse momento, com o atestado de residência (um tipo de protocolo) já foi possível solicitar a tessera sanitária, por exemplo.

Isso porque sua residência já está em processo de inscrição na anagrafe do comune e, de acordo com a Lei, levará até 45 dias para que o processo seja concluído.

Para nós que estávamos inscritas no AIRE (residentes no exterior, lê-se Brasil) esse período de 45 dias é onde meu novo comune solicita a transferência de minha residência para cá e confirma meus registros no comune de nascimento e/ou de reconhecimento da cidadania.

Passados os 45 dias, se não houver nenhuma comunicação por parte do comune, entende-se que o processo foi concluído e já é possível tirar a tão sonhada carta d’identità.

Para isso basta dirigir-se ao comune com três fotos em tamanho tessera, codice fiscale e, como minha filha é menor de idade, levei os mesmos documentos meus.

Por ter menos de 12 anos ela não assina o documento e o mesmo terá validade de cinco anos, ao contrário da validade de 10 para os adultos.

Informamos altura, cor de cabelo e cor dos olhos e já saímos com o documento. O valor da emissão foi de 5,42 euros.

Carta di identità elettronica

Vale lembrar que nosso comune ainda emite o modelo de carta antigo, o cartáceo, e está em processo de conversão para a carta elettronica. Até 2018 todos os comunes italianos estarão preparados para emitir o modelo eletrônico. Aí eu volto para contar as diferenças!

Carta d'identità elettronica


Bacione, a presto!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário